13/04/2020

A nova rotina dos escritórios em função da pandemia do coronavírus

31 Dez 1969

Em tempos de pandemia, escritórios do mundo inteiro passaram a adotar o sistema home office. O GPT é um deles. Estamos, desde o dia 16 de março, trabalhando remotamente. Entretanto, permanecemos 100% conectados, prestando todos os serviços.

O trabalho remoto é uma novidade para muitos de nossos funcionários, mas tem sido encarado de forma bastante positiva e o espírito de colaboração é unânime. O sucesso desse novo sistema está em algumas dicas simples, mas importantes, que devem ser seguidas em prol de um bom rendimento:

. Criar uma rotina – ter horários definidos, como se estivesse fisicamente no escritório, fará com que o dia renda melhor.

. Não esquecer do horário de pausa para o almoço, levando em conta que o ideal é não fazer as refeições (de preferência, leves e balanceadas) na mesa de trabalho. E lembrar, de hora em hora, de levantar-se um pouco para alongar o corpo.

. No caso de haver crianças em casa, é importante deixar claro que, durante o expediente, é necessário um isolamento para que as tarefas diárias sejam cumpridas com tranquilidade e privacidade. Alguns ‘símbolos’ podem ser adotados, como a utilização de fones de ouvido como forma de evidenciar que está ocupado/a.

. Uma vez que não mais se despende tempo com deslocamentos, haverá uma ‘sobra’ de alguma hora no dia. Utilizá-la para fazer exercícios físicos (para quem precisa de orientação profissional, há diversas aulas online, gratuitas, disponíveis) e, se possível, para tomar banhos de sol pela manhã, antes do expediente, são sugestões saudáveis.

 

Calls e reuniões virtuais

As reuniões online já têm sido muito utilizadas por profissionais em todo o mundo. Com o coronavírus, esta ferramenta está ainda mais presente no cotidiano corporativo. Para melhor preparar a sua equipe e tornar essas reuniões mais produtivas, há algumas sugestões; a saber:

. Determinar as diretrizes da reunião logo no início, organizando uma pauta, como se fosse uma reunião presencial. Esta pauta poderá ser compartilhada entre os participantes.

. Se puder optar por mostrar o rosto, tanto melhor. A linguagem não-verbal é importante em reuniões online. Assim como acontece em reuniões presenciais, os gestos e as expressões faciais fazem parte do envolvimento entre os participantes.

. Escolher o ‘cenário’ de forma cautelosa: procure um ambiente clean, sem nada que ‘polua’ o enquadramento. Isso evita que elementos externos roubem a atenção dos participantes, tirando o foco do conteúdo da reunião. É um cuidado essencial para manter o tom profissional e zelar pela sua imagem.

. Atenção à parte técnica: antes de iniciar uma reunião online, é necessário testar a conexão com a internet, a câmera e o microfone. Problemas técnicos podem prejudicar bastante uma conferência. E, se houver a necessidade de desligar o microfone por algum tempo durante a reunião, avise aos demais participantes.

. Interação entre os participantes: durante uma reunião online, interagir será a chave para reter a atenção de todos. Fazer perguntas, questionar se tudo o que está sendo discutido está sendo assimilado, pedir que anotem algo são algumas dicas para que os participantes permaneçam realmente ‘presentes’, sem dispersar, pois sabe-se que estão, todos, a poucos cliques de diversos sites e redes sociais.